Problemática pele? Estude técnicas comprovadas para o cuidado da pele oleosa.

Problemática pele? Estude técnicas comprovadas para o cuidado da pele oleosa.

14 Fevereiro 2019 Não Por Marta Camila de Loureiro

A pele oleosa tem como principal característica a produção exacerbada de sebo, por meio das glândulas sebáceas. Visualmente, isso significa aquele brilho extra em toda face, que, geralmente, causa desconforto. Além disso, em muitos casos ainda pode apresentar acne. Para cuidar deste tipo de cútis é fundamental o uso de produtos específicos e tratamentos feitos por dermatologistas, em clínica.

Causas

  • Excesso de produção de sebo: a pele fica oleosa quando há um excesso de produção de sebo pelas glândulas sebáceas, segundo Camila. Com isso, pode ocorrer o aparecimento de cravos e espinhas.
  • Genética: cada indivíduo tem sua produção de sebo “programada” pela genética, afirma Fernanda.
  • Meio ambiente: países e ambientes com altas temperaturas também contribuem para que a oleosidade da pele aumente.
  • Comportamento: o uso excessivo de maquiagens e cosméticos, assim como a prática de atividades físicas, alimentação e uso de alguns medicamentos também podem contribuir para o aumento da oleosidade da pele.

A pele oleosa pode ser o resultado da combinação dos fatores citados acima ou até mesmo ser causada por apenas um deles isoladamente. Independente de qual seja o seu caso, é importante saber as características desse tipo de pele.

Hidratação

Nosso corpo tem 70% de água, sendo 13% distribuído na pele. Mas como o tempo, a ação dos sabonetes, do frio, do sol, da alimentação pobre em líquidos, da poluição e do envelhecimento, faz essa porcentagem cair para 7%. Para evitar que a pele fique ressecada, flácida e com rugas precoces necessário abusar dos alimentos ricos em água, e usar um bom hidratante. Ele faz o papel do manto hidrolipídico, formando uma película úmida.

As peles oleosas, como, aliás, todos os tipos de pele, precisam desta proteção extra. Mas devem-se evitar os hidratantes gordurosos, com óleos ou cremes à base de óleos. Os géis são as “vedetes” da cosmética. Seu sucesso é justificado pelo seu aspecto agradável: transparência, brilho, nitidez, performance. Sua cor, em geral discreta, lembra a das pedras preciosas e evoca pureza. São agradáveis ao toque sem serem pegajosos e tornam a pele surpreendentemente acetinada. A forma gel permite acondicionar de maneira geniosa e cômoda cosméticos ricos em princípios ativos com diferentes funções: emoliente, estabilizador celular, protetor de tecidos, refrescante e adstringente.

Limpe/Tonifique

Higienizar a pele com sabonete ou gel de limpeza é fundamental para cuidar da pele oleosa, ao acordar e antes de deitar. Importante pra remover as impurezas que obstruem os poros, provocam acne e impedem a absorção de tudo que a pele for receber na sequência.

Poucas pessoas efetivamente o usam, mas o tônico ou adstringente é indispensável nessa época do ano na hora de cuidar da pele oleosa. O ideal é aplicá-lo com movimentos compressivos, para fechar os poros. Aí, em seguida, você está liberada para colocar ou se expor à poeira do dia a dia.

Evite

Muitos costumes praticados podem prejudicar a pele! Prestar atenção na alimentação é essencial, pois influencia em todo o organismo e não seria diferente para a oleosidade. Pensando nisso, a dermatologista selecionou os mais comuns e que devem ser evitados: Lavar excessivamente o rosto mais do que duas vezes ao dia; suplementos alimentares, principalmente os que contem whey protein e carboidratos de absorção rápida; uso de anticoncepcionais não combinados contendo apenas derivados de progesterona; exposição à poluição, pois estudos recentes demonstram que ambientes poluídos podem aumentar em 3,5 vezes a oleosidade da pele; alimentos com alto índice glicêmico e que aumentem rapidamente a glicemia como o chocolate; alimentos ricos em gorduras trans; leite desnatado, pois, pensando na pele, o leite integral é uma opção mais adequada.

Que cuidados é preciso ter para que a pele oleosa fique sob controle?

Manter uma boa higiene é fundamental. Além disso, escolher os produtos que normalizem a secreção sebácea por possuírem ação calmante e suavizante da superfície, muitas vezes espessa e irritada. Devemos considerar este tipo de pele como sendo frágil e utilizar produtos adequados que não retirem em excesso a gordura da superfície nem causem irritação. A tentativa de se retirar toda a gordura pode provocar um efeito rebote e estimular uma maior produção de gordura para a proteção da pele.

Tonificar a pele com produtos que contenham o hamamélis, calêndula, hortelã, cânfora ou mentol para o controle da oleosidade e para promover uma ação anti-inflamatória. E, finalmente, a hidratação, erroneamente deixada de lado por quem possui pele oleosa, também deve entrar na etapa final do processo, sem esquecer da proteção solar, especialmente produzidos para esse tipo de pele, os chamados oil-free.

pele oleosa

Receitas de esfoliante caseiro para pele oleosa

  • Esfoliante com mel, açúcar mascavo e aveia
    O açúcar mascavo com mel e aveia formam uma mistura muito nutritiva e com propriedades esfoliantes, capazes de ajudar a controlar a oleosidade da pele.

    Ingredientes:

    2 colheres (de sopa) de mel;
    2 colheres (de sopa) de açúcar mascavo;
    1 colher (de sopa) de aveia em flocos finos.
    Modo de preparo:

    Misturar os ingredientes até formar uma pasta e passar no rosto ou corpo delicadamente, fazendo movimentos circulares. Deixar agir por até dez minutos e enxaguar com água morna.

  • Esfoliante com limão, pepino e açúcar
    O suco de limão misturado com suco de pepino tem muitas qualidades que ajudam a limpar e clarear a pele, removendo o excesso de oleosidade, impurezas e manchas. O açúcar tem a ação de esfoliar, removendo as células mortas e desobstruindo os poros.

    Ingredientes:

    1 colher (de sopa) de suco de limão;
    1 colher (de sopa) de suco de pepino;
    1 colher (de sopa) de açúcar cristal.
    Modo de preparo:

    Aplicar a mistura dos ingredientes, com uma fricção suave, e deixar agir por 10 minutos. Enxaguar com bastante água morna até remover todo o produto. Evitar se expor ao sol após esta máscara, e sempre passar filtro solar próprio para pele oleosa após, pois o limão pode manchar a pele.

Sending
User Rating 5 (1 vote)

Ela conseguiu o seu conhecimento durante os estudos de nutrição humana no Instituto Politécnico de Viseu. Membro da Associação Portuguesa de Nutricionistas. Autora de inúmeras publicações sobre nutrição, treinamentos e estilo de vida. Realiza treinamentos em instituições educacionais públicas. Está constantemente a expandir o seu conhecimento, participando de conferências e treinamentos sobre tópicos relacionados à dieta saudável, obesidade e problemas psicológicos. Empenha-se e presta particular atenção ao trabalho com o paciente para que as mudanças que ela ajuda a implementar nas suas vidas sejam de longo prazo.